Consumê de Abóbora com Gengibre

Consomê é uma preparação culinária de origem francesa. Consommé, que significa “reduzido pelo cozimento prolongado”, é um caldo de carne, aves, peixes ou legumes, clarificado, servido geralmente como entrada para “Abrir o apetite”. Pode ser acrescido de creme de leite, queijo ralado, gema de ovo, etc…

Consomê

Na verdade, a receita de hoje tem a preparação bem mais simples que a do Consumê, porém tem a mesma intenção. Como entrada, tem a função de preparar o paladar para os pratos que estão por vir. Esta receita foi passada por uma amiga, Adriana Assis, que é uma Chef querida que ama receber os amigos em casa, e quando provei este aperitivo em uma de suas festas, não resisti em pedir a receita.

 

 

Ingredientes:

* para 6 unidades

– 300g de abóbora cortada em cubos

– 200ml de água fervida

– 1cm de gengibre picado

– ½ cebola picada

– 01 colher de sopa de azeite

– sal à gosto

 

Preparo:

  1. Refogue a cebola e o gengibre picado no azeite por aproximadamente 1 minuto
  2. Acrescente os cubos de abóbora e refogue por mais 2 minutos aproximadamente.
  3. Acrescente 100ml da água fervida, sal à gosto  e misture. Tampe a panela e deixe os cubos da abóbora ficarem bem macios, se desmanchando.(Vigie e acrescente mais água se a abóbora ainda não estiver bem macia)
  4. Experimente e corrija o sal e acrescente mais gengibre se preferir
  5. Coloque a mistura no liquidificador e bata até ficar um creme fino, aquoso, no ponto de beber sem ficar ralo. Se necessário, acrescente um pouco mais de água.
  6. Sirva em mini copinhos ou em xícaras charmosas.
  7. Acrescentar um quadradinho de queijo Gorgonzola dá um gostinho especial.

 

Atenção: Este aperitivo é servido bem quentinho.

 

♥ Curiosidade:

Na França do final do século XVIII um homem chamado Antonin Carême já dava seus primeiros grandes passos em rumo ao estrelato nas cozinhas da França e da Europa. Nascido em 1783 e abandonado pela família em 1792 foi acolhido por um cozinheiro muito ocupado que lhe oferecera casa e comida em troca de serviços domésticos. Em 1793 iniciou seus aprendizados na cozinha quando foi contratado para ser ajudante de cozinha mirim numa taberna da época. Foi um dos maiores cozinheiros de sua época e de todos os tempos sendo chamado até hoje de rei dos cozinheiros e cozinheiro dos reis.
Toda essa explicação para falar que Carême sempre dizia que toda refeição deveria começar com uma sopa.

Para ele, era tanto uma questão de filosofia, de medicina quanto de culinária. As sopas eram democráticas, um retorno a simplicidade e permitia que cada refeição começasse com um ato comunitário, alem de abrir as papilas gustativas e preparar todos à mesa para os próximos pratos.

Façam esta receita e estarão provando realmente um pedacinho da história , que com certeza vai agradar a alma e o paladar.

Bom apetite!!

 

Referências:
KELLY, Ian. Carême: Cozinheiro dos Reis. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 2005.

Anúncios

Uma opinião sobre “Consumê de Abóbora com Gengibre

  1. Pingback: Serviço à Francesa |

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: